Arquivo | Saúde RSS feed for this section

#minutodanutri Celulite

15 jun

Olá, gente linda!

Nem voltei mais na semana passada né?! Pois é, dia dos namorados e tal, acabei ficando quase sem tempo até pra respirar! hahaha Amanhã conto mais sobre isso pra vocês e mostro tudo que fiz, já que não deu tempo de vir mostrar antes né! #abafa

Bom, mas como a segunda feira é dia de #minutodanutri, vamos lá! O tema de hoje é um monstro temido principalmente por nós, mulheres… A celulite

A celulite tem origem a partir de diversos fatores, que envolvem problemas na microcirculação, alterações no tecido adiposo e outros. Alguns alimentos podem nos ajudar no tratamento e na prevenção dessas monstrinhas, como no caso daqueles que fornecem um conjunto de nutrientes que auxiliam na regulação dos fatores predisponentes e reparo das alterações que o tecido já sofreu. 

Esses nutrientes ajudam na síntese (produção) de células saudáveis, bem como enzimas e hormônios. Dessa forma, eles são essenciais na prevenção dos danos causados aos tecidos e são também os agentes que podem fazer os reparos. Além disso, esses nutrientes podem ainda auxiliar na eliminação de toxinas que congestionam os tecidos e dificultam a saúde destes. 

Em geral, esses nutrientes podem ser adquiridos com a ingestão de frutas, verduras, grãos e cereais integrais, ou seja, uma alimentação balanceada. Um nutriente em especial chama atenção por ter o poder de atuar na reorganização da matriz intersticial (matriz entre os tecidos de consistência líquida que permite a passagem de nutrientes da corrente sanguínea até as células e também a passagem das toxinas para a linfa) e do colágeno, permitindo novamente o fluxo de nutrientes e o descongestionamento das toxinas. Esse nutriente, chamado Silício, pode ser facilmente encontrado na aveia, cevada, salsa e grãos integrais.

Outros nutrientes também tem função importante no tratamento e prevenção da celulite, como a Rutina, a Quercetina (anti-inflamatório) e a Vitamina C

Uma visita a(o) sua(seu) nutricionista pode te esclarecer ainda mais sobre o assunto e te ajudar a prevenir e/ou tratar a celulite. Não esqueçam da prática de exercícios físicos e a ingestão adequada de água!

celulite

Espero ter ajudado de alguma forma, qualquer dúvida deixa aqui embaixo nos comentários! ;)

Beeeijos, Milenna.

#minutodanutri Alimentação infantil

8 jun

Olá, gente linda! 

No #minutodanutri de hoje resolvi abordar um pouco sobre um tema que considero muito polêmico, pois o que é “certo” para alguns, não é para outros e vice-versa. Há uma certa discordância também em relação aos diferentes profissionais da saúde. Por exemplo: Você leva seu bebê num pediatra e ele te fala uma coisa, daí depois você vai num nutricionista e ele te fala outra. Entendem? O que vou abordar aqui será, logicamente, relacionado à nutrição, ok?

Lembrando que eu não acho adequado que um médico, por exemplo, prescreva dietas para os pacientes, mesmo com todo o estudo que ele teve, como também não rola um nutricionista prescrever medicamentos. Cada profissão tem sua individualidade e acredito que todos devamos respeitar isso. #cadamacaconoseugalho rsrs

Mas vamos ao que interessa! Como já falei, rolam muitas dúvidas quando o tema é alimentação, principalmente a dos pequenos. Então vamos lá dar uma esclarecida em algumas coisas…

  • O leite materno deve ser exclusivo até os 6 meses de idade. Já sabemos que no leite da mãe existem todos os nutrientes que o bebê precisa naquele momento de vida, como também a água. Ou seja, até os 6 meses não existe necessidade de dar água, sucos ou chás ao seu bebê, pois além de ele já ter tudo que precisa, pode ainda prejudicar a sucção. Um outro fator relacionado à oferta desses outros líquidos, é que existe uma possibilidade deles funcionarem como um meio de contaminação, aumentando assim o risco de doenças. 
  • 6 meses: início da introdução dos alimentos. A partir dos 6 meses já podemos começar a incluir alimentos na rotina do bebê, porém a amamentação não deve ser esquecida! Essa será uma alimentação complementar e a amamentação deve continuar até os dois anos de idade ou mais. A inclusão desses novos alimentos deve ser lenta e gradual e é nesse momento também que já podemos incluir a água, sempre o mais limpa possível (tratada, filtrada e fervida). As preparações a serem adicionadas são a papa de frutas, onde as frutas são somente bem amassadinhas, e a papa salgada, que são cereais, leguminosas, carnes, legumes e verduras também bem amassados após cozimento sem sal e sem temperos. Procure sempre variar os alimentos oferecidos, além também de amassá-los e oferece-los separadamente, assim a criança poderá sentir gosto e textura de cada coisa. Essa alimentação complementar não precisa ser oferecida com rigidez de horários e sua frequência é de três vezes/dia se a criança estiver sendo amamentada, e 5 vezes/dia se ela já estiver desmamada.

Esquema alimentar a ser seguido após os 6 meses: 

tabela alimentação
Alguns alimentos que podem ser oferecidos:
grupos de alimentos
* O ovo inteiro e cozido já pode ser introduzido após os 6 meses.

  • Não desista! Estudos mostraram que podem ser necessárias de 8 a 10 exposições ao alimento, até que ele seja aceito pela criança.
  • Evite sucos até os 12 meses, pois a quantidade de fibras é inferior, se relacionado às frutas in natura. Além disso, eles normalmente são mais calóricos do que as frutas em si, pois geralmente precisamos de mais de uma fruta, que seria a quantidade que comeríamos, dependendo da fruta, para fazer o suco. Outro ponto importante é o fato de que na maioria das vezes não consumimos os sucos assim que eles são preparados, então nesse tempo do preparo até o consumo vitaminas importantíssimas são perdidas/oxidadas.
  • Evite açúcar, café, enlatados, frituras, refrigerantes, balas, salgadinhos e outras guloseimas nos primeiros anos de vida.
  • Cuide da higiene na hora do preparo e manuseio dos alimentos; garanta armazenamento e conservação adequados.
  • Lembrem-se SEMPRE de procurar orientação com um profissional qualificado para atender às suas necessidades!!!

Caso vocês queiram ler mais sobre o assunto, recomendo esse guia AQUI, que é oferecido pelo Ministério da Saúde.

aleitamento materno

Espero que tenham gostado!
E se ficou alguma dúvida, já sabem né? É só deixar um comentário aqui embaixo! 

Beeeijos, Milenna!

#minutodanutri Alimentos Funcionais

19 maio

Olá, gente linda!

Não sei se vocês perceberam, mas nos últimos meses tem sido frequente ouvir falar em alimentos funcionais. Muitas pessoas ainda não sabem o que são, quais são e nem como utilizá-los, então hoje resolvi trazer alguns aqui pro blog pra apresentar a vocês. Pode ser? rsrs

alim funcionais

Bom, então… O que são? São alimentos ou ingredientes que tem o poder de nos trazer efeitos metabólicos, fisiológicos e benéficos à nossa saúde, além das suas funções nutricionais básicas. Além disso, podem ainda auxiliar na redução do risco de doenças crônicas, como câncer e diabetes.

Quando devo consumi-los? Esses alimentos devem ser consumidos diariamente, somados aos hábitos alimentares saudáveis e à prática de exercício físico. Ou seja, não vai adiantar de nada se você consumir linhaça no café da manhã, por exemplo, e ter uma alimentação desequilibrada no resto do dia. Concordam?

E quais são eles?

– Casca de uva, vinho tinto e maçã: Substâncias ativas: Resveratrol, flavonóides e pectina. Reduz o risco de doenças cardiovasculares, formação de coágulos e inflamações.

– Soja e derivados: Substâncias ativas: Fitoestrógenos e isoflavonas. Reduz o risco de doenças cardiovasculares, os níveis de colesterol e alivia a sensação de calor em mulheres com menopausa.

– Brócolis, repolho, couve-flor e rabanete: Substância ativa: Glicosinolato. Aumenta a atividade de enzimas que combatem a formação de células cancerígenas.

– Tomate, goiaba e melancia: Substância ativa: Carotenóide (Licopeno). Tem ação antioxidante (combatendo os radicais livres, que provocam o envelhecimento precoce), reduz o risco de doenças cardiovasculares e protege contra certos tipos de câncer, como o de próstata.

– Folhas verdes: Substância ativa: Ácido fólico. Protege contra a degeneração macular, fazendo a manutenção de uma boa visão.

– Linhaça: Substância ativa: Lignana. Tem a capacidade de reduzir os níveis de LDL (“colesterol ruim”) e aumentar os de HDL (“colesterol bom”), prevenindo o surgimento de várias doenças cardiovasculares, auto-imunes e inflamatórias e diminuindo a inflamação, o que pode nos ajudar com as temidas celulites, já que são resultado de um processo inflamatório. As fibras presentes nesse alimento, principalmente a lignana, previne contra os cânceres de mama, cólon, endométrio e próstata, além de promover sensação de saciedade, diminuir a absorção de gordura e açúcar, favorecendo o emagrecimento e também os diabéticos. Além disso, ainda melhoram o funcionamento do intestino.

– Alho e cebola: Substâncias ativas: Alicina e quercitina. Reduz os níveis de colesterol e a pressão sanguínea, melhora o sistema imunológico e previne contra câncer gástrico. As substâncias ativas citadas são antioxidantes, que atuam na inibição de enzimas envolvidas na produção de estrogênio, que, quando em excesso, é o responsável pelo acúmulo de gordura localizada.

– Frutas cítricas: Substâncias ativas: Limonóides e monoterpenos. Previnem contra o câncer e possui efeito protetor do coração.

– Chá verde: Substâncias ativas: Catequinas e quercitina. Reduz a incidência de alguns tipos de câncer, reduz o colesterol e estimula o sistema imunológico. É um termogênico natural, estimulando o metabolismo, ajuda na oxidação da gordura corporal.

– Azeite de oliva extra-virgem: Substância ativa: Hidroxitirosol. Auxilia na redução do colesterol total e LDL e eleva discretamente o HDL. É um potente antioxidante e atua na defesa orgânica.

– Nozes e castanhas: Substâncias ativas: Flavonóides e resveratrol. Previne a trombose e evita o surgimento de câncer.

– Pimenta: Substância ativa: Capsaicina. Tem efeito termogênico, que acelera o metabolismo, efeito antiobesidade e libera endorfina, responsável pela sensação de prazer.

– Peixes: Substância ativa: Ômega-3. Reduz o risco de doenças autoimunes e cardiovasculares, inflamações, auxilia no controle da hipertensão e reduz os níveis de LDL. Também previne contra o câncer de mama, cólon, pele, pâncreas, próstata, pulmão e laringe. A substância é encontrada especialmente no salmão, cavala, arenque e atum.

– Laticínios: Substâncias ativas: Lactobacillus, bifidobactérias e cálcio. Regula a flora intestinal, melhorando a integridade da mucosa e a resistência à infecções. Também previne contra a osteoporose e o câncer de cólon.

Lembrem-se sempre de que o único profissional que pode te ajudar a fazer um planejamento alimentar adequado, nutricionalmente equilibrado e individualizado é o nutricionista!

Qualquer dúvida, é só deixar um comentário aqui embaixo.

Beijos, Milenna.

#minutodanutri Olha, olha, olha, olha a água mineral!

12 maio

Olá, gente linda! Como estão?
Dei uma prolongada no meu final de semana e acabei não aparecendo ontem, né! rsrs
Mas o importante é que hoje estamos de volta!

Me respondam uma coisa aí… Vocês tomam muita água durante o dia?

menina-bebendo-agua

Todos nós já estamos cansados de saber que nosso corpo é composto de cerca de 70% de água, que precisamos tomar em média 2 litros por dia e todas essas coisas. No post de hoje tento trazer pra vocês fatos que ainda sejam desconhecidos, pelo menos por alguns.

1º: A água promove a formação de enzimas, saliva e suco gástrico. Todas essas substâncias atuam diretamente na digestão, facilitando-a;

2º: Ao diminuir a ingestão de água, o volume de sangue também diminui e isso faz com que as vitaminas e minerais presentes neste tenham seu caminho até as células dificultado. Resultado? Desidratação, cabelos ressecados, unhas quebradiças. Além disso, quando bem irrigado, o organismo não retém sódio, que é responsável pelo inchaço.

3º: Como foi falado acima, a água está diretamente ligada ao volume de sangue e, consequentemente, à garantia do transporte de nutrientes. Sabendo disso, é bem lógico que dentre esses nutrientes estejam os que irão fortalecer nosso organismo e combater infecções.

4º: A água evita que o organismo entre em colapso devido às alterações bruscas de temperatura, fazendo com que ele se adapte ao ambiente. E como ele faz isso? Transpiração!

5º: A água também dá uma “lubrificada” nas fibras musculares, fazendo com que estas deslizem mais facilmente. Resultado?! Uma melhor performance na hora da malhação! ;) Ah! E essa ação também reduz os riscos de cãibras e contusões.

6º: Todos os dias eliminamos cerca de 1,5 litro de urina e o equivalente a um copo de água na transpiração. Inclusas nesse suor e urina estão presentes toxinas que provocam celulites! Pois é… Mas a ação não está somente nas mãos dessas toxinas, não! O surgimento de celulites também depende de uma má circulação sanguínea. “Oh, e agora, quem poderá nos ajudar? Euuu, a água!!!!” Hahaha Isso mesmo, a água também atua na regulação da circulação do nosso sangue no organismo! #palmaspraela

7º: Outro fato importante em relação à água, e acredito que vocês já saibam, é que ela promove o amolecimento das fezes, facilitando a eliminação. Vocês sabiam que quando estamos com o intestino constipado produzimos toxinas? Já vimos acima o que essas toxinas podem nos provocar, né?

8º: Somada com o consumo de fibras solúveis, que são encontradas nas frutas e aveia, a água também pode nos ajudar a perder peso. Como?! Bom, quando ela entra em contato com as fibras, essas (as fibras) incham e formam uma espécie de “esponja”, fazendo com que a gente se sinta saciada.

Vocês viram que o funcionamento do nosso organismo como um todo depende da água, né! Se você não tem o hábito de tomar água, se esforça um pouco mais, vale a pena. Coloca despertador, leva garrafinha na bolsa… Tem até um aplicativo que te lembra de tomar água de hora em hora, sabia? O nome dele é TecnoNutri e é grátis. Baixa aí!

Espero que eu tenha conseguido trazer pelo menos uma gotinha de conhecimento pra vocês nesse post. Mas agora vai lá na cozinha tomar um copo d’água, vai! Eu te espero… rsrs

Já tomou? Tomou mesmo?? Então tá… Agora sim vou embora! Haha

quanto mais água melhor

Beijos, Milenna.

#minutodanutri Você sabe como montar o prato ideal?

4 maio

Olá, meninas! Como foi o feriado de vocês?

No #minutodanutri anterior, vimos a importância de uma alimentação equilibrada. Hoje iremos aprender como montar um prato ideal, sabendo combinar os grupos alimentares.

prato_saud_vel_1_

Vejam na imagem acima que os vegetais devem compor 50% do nosso prato. Os outros 50% são divididos da seguinte forma: 25% de algum carboidrato integral e 25% de proteína, vegetal e animal. Não vamos esquecer também de uma porção de fruta na sobremesa! ;)

Esse esquema é bem simples de ser entendido, pra você ver que não existe mistérios em se alimentar de forma saudável e equilibrada, ta vendo?! rsrs

É claro que existem nossas particularidades e, por isso, devemos sempre procurar um profissional qualificado para fazer um planejamento alimentar de acordo com as necessidades e objetivos.

Qualquer dúvida, deixem aqui embaixo nos comentários. Espero vocês amanhã!

Beijos, Milenna 

Redundâncias

Um pouco sobre o muito que eu penso

Resenha Pink

Resenhas sobre produtos de beleza pinkmente analisados! Contato: resenhapink@gmail.com

Perfeccionismos

por Milenna Leite

Rica de Marré

por Milenna Leite

Depois Dos Quinze

make, comportamento, moda e mais!

Futilish

por Milenna Leite

Pausa para Feminices

por Milenna Leite

Naturally Nicole

por Milenna Leite

Passando Blush

por Milenna Leite

Petiscos

por Milenna Leite

True Tiger Recordings

por Milenna Leite

Flavia Calina

por Milenna Leite

Juliana Goes

por Milenna Leite

Super Vaidosa

por Milenna Leite

byfafella.com

Glamour! Everyday, every minute!

Fabulous by Vivian

por Milenna Leite

rakaminelliblog.com.br

por Milenna Leite

Borboletas na Carteira

por Milenna Leite

Cozinha Fit

Sua Vida Mais Fit e Fácil!

Blog da Mimis

Qualidade de vida, comportamento e bem estar

%d blogueiros gostam disto: